Calendário

Agosto 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
 << < > >>
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Anúncio

Quem está conectado?

Membro: 0
Visitante: 1

rss Sindicação

 
03 Abr 2014 - 00:35:38

Restos de passado


Existe algum prazer em caminhar pelos destroços. Algo ligado a construir o novo sobre o velho, essa nova oportunidade permitindo o diferente.


Ao pisar nos restos, despeja-se o deprezo pelos defeitos. Esquece-se os remendos. Agora é a necessidade de novos tijolos, massa e tinta, os cacos destroçados vão ao lixo.


Existe algum prazer em apagar as luzes e fechar a porta. É um adeus cheio de saudade que se guarda no peito. É a demonstração que, por hora, um trabalho fora feito. Mesmo se tendo a chave pra voltar, o apagar das luzes a cada dia nunca é o mesmo. Tem uma conclusão sempre diferente. Às vezes também a conclusão dolorida de ter que apagar as luzes e devolver as chaves, num outro tipo de despedida.


E sobre os destroços e as luzes que se apagam e as salas abandonadas e as chaves devolvidas, um céu. Um céu que não se importa. 


Não importa. O céu continuará cuspindo nuvens, espirrando estrelas, chorando chuvas, queimando em sol e iluminando em lua.


E lembrando todo dia a sua amplitude e indiferença. A falta de controle sobre suas próprias mudanças e infinitas combinações de possibilidades. Impondo-se repetidamente sem sintonia com as vontades humanas de querer colar os cacos ou reacender as luzes.


A vida é muita mais do que restos de passado.

Admin · 35 vistos · Deixe um comentário

Link permanente para o artigo completo

http://eternamentesessik.blogdosblogs.com/Primeiro-blog-b1/Restos-de-passado-b1-p11.htm

Comentários

Este artigo ainda não tem Comentário ...


Deixe um comentário

Estado dos novos comentários: Publicado





Sua URL será visualizada.


Entre com o código contido nas imagens


Texto do comentário

Opções
   (Salvar o nome, email e a url em cookies.)