Calendário

Agosto 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
 << < > >>
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Anúncio

Quem está conectado?

Membro: 0
Visitante: 1

rss Sindicação

 
27 Maio 2014 - 01:18:18

Uma língua que não cabia na boca

De repente eu tava roxa e mal cabia na boca. E como me doía, mas meu dono nem sentia.
Ele era guloso e o excesso de comida me fazia mudar de cores às vezes. Também a falta de higiene acabava comigo. Mas havia outras coisas que me causavam verdadeiro transtorno.
Eu era diariamente envenenada com fatos mentirosos. Era nauseante contar tanta mentira! Além disso, vinha um gosto de bílis toda vez que a mentira proferida era por pura inveja.
E como ele me mordia quando propagava impropérios por aí sobre os outros! Como doía.
Rolavam tantas falácias e estórias apenas para tapar sua mediocridade por mim, que eu acabava me enrolando e denunciando tudo. Tinha pena do ranger a que ele submetia meus vizinhos…
Eu merecia beijos quentes e declarações de amor. Merecia palestrar e encantar crianças com contos mágicos. Gostaria de comer saudável e ser bem escovada. 
Eu não quero ser uma das más línguas que divulgam fofocas por aí. Queria ser encantadora de conhecimento.
Ele tinha uma língua que não cabia na boca. Aproveitando de uma convulsão devido sua péssima alimentação, me lancei entre os dentes e alguns pedaços a sua garganta. Fui. Antes que eu tivesse que açoitá-lo na lombar…
Admin · 51 vistos · Deixe um comentário

Link permanente para o artigo completo

http://eternamentesessik.blogdosblogs.com/Primeiro-blog-b1/Uma-lingua-que-nao-cabia-na-boca-b1-p27.htm

Comentários

Este artigo ainda não tem Comentário ...


Deixe um comentário

Estado dos novos comentários: Publicado





Sua URL será visualizada.


Entre com o código contido nas imagens


Texto do comentário

Opções
   (Salvar o nome, email e a url em cookies.)